Reformar ou construir: principais diferenças de cada

nov 26, 2021Gestão de obras0 Comentários

Reformar ou construir é uma dúvida que passa pela cabeça de diferentes pessoas, em diversas ocasiões: seja um jovem saindo de casa, um casal recém formado ou uma família formada há mais tempo.

Afinal, é preciso levar em conta alguns aspectos importantes, que podem impactar de várias formas o processo e, claro, entender maneiras de otimizar o orçamento e aproveitar todo o potencial disponível do espaço, seja para uma construção do zero ou para a reforma de um imóvel.

Por isso, produzimos este conteúdo apresentando as principais diferenças de cada uma, para que você possa tomar uma decisão mais assertiva.

Mas, antes de seguirmos, a nossa primeira dica é: conte com a ajuda de um profissional de um arquiteto, afinal, ele vai saber aproveitar melhor o potencial do espaço, o seu orçamento disponível e quais as possibilidades para a mudança, seja uma reforma ou uma construção do zero.

Reformar ou construir: você já mora no local ou pretende comprar?

Essa é uma pergunta importante a se fazer ainda antes de entrarmos a fundo nas diferenças. Afinal, se você já reside na casa ou apartamento que pretende reformar, não vai precisar lidar com despesas como comprar um novo local, valor da entrada, parcelas do imóvel.

Além disso, se você está mais inclinado a reformar, saberá quantas reformas ou alterações o imóvel já sofreu e, se mora em uma casa, não precisa passar pelo processo de buscar um novo lar com um bom espaço externo. 

No entanto, se você pretende comprar uma casa para reformar, é necessário ficar atento a alguns pontos importantes, como: idade do imóvel, estrutura do local, número de reformas que já foram feitas.

Continue na leitura para saber mais!

Tudo o que você precisa saber antes de reformar uma casa usada

O valor de compra é menor

Se o seu plano é comprar uma casa e fazer a reforma, um grande fator é que a estrutura da casa, que normalmente é o mais caro da construção, já estará pronta, o que influencia no valor final da compra, quando comparado ao investimento em um lote e posteriormente no desenvolvimento do imóvel.

O lugar está pronto para morar

Nem sempre tudo sai como o planejado, não é mesmo? Então, se você tem pressa para se mudar, seja por conta de um contrato de aluguel que está vencendo ou pela vontade de iniciar mais rapidamente uma nova fase da vida, comprar uma casa para reformar é um excelente pró.

Afinal, é preciso acertar o valor, pagamento, fazer as malas e abraçar a nova empreitada. O que também vai permitir, a depender do estado do imóvel, fazer reformas pontuais e menores, quando você tiver o orçamento necessário para elas.

Mas, fique atento: se você pretende reformar tudo antes de entrar na casa, o ideal, para evitar transtornos e não correr o risco de danificar os móveis, é fazer isso em um tempo anterior a sua mudança. Por isso, se você tiver um prazo a cumprir, como o aluguel, busque iniciar a reforma o quanto antes ou ficar com um familiar pelo tempo necessário.

Se a construção for nova, você terá pouco ou quase nenhum desgaste

Se o imóvel for novo (até 20 anos), as reformas necessárias serão apenas para deixar o local com a sua personalidade e, se você pensa em economizar, pode deixar para investir nesse sentido após se estabilizar novamente.

Analise se a estrutura da casa está em bom estado

Ao mesmo tempo que a estrutura da casa pode ser vista como um pró para o lado financeiro, se ela não estiver no melhor estado, vai exigir uma reforma mais profunda. Em resumo, mais cara!

Como vimos, consideramos como novo um imóvel até 20 anos, sendo assim:

  • Analise se será necessário mexer na parte elétrica e hidráulica da casa;
  • Quais são as coisas que você quer mexer e como elas impactam no restante do imóvel;
  • Verifique como está o telhado do imóvel e se será necessário refazê-lo;
  • Confira também as partes em madeira da casa, se estão em bom estado.  

Mas, tenha em mente que se você encontrou o cantinho dos seus sonhos, não deixe que esse fator a impeça de seguir com a reforma.

Verifique o número de alterações do imóvel

Outro ponto contra quando falamos em reformar ou construir, é que, no caso da reforma, se o imóvel já tiver passado por muitas alterações, pode ter perdido grande parte da estrutura original e, durante essas reformas, não é possível saber quais foram os materiais usados, qual a previsão de durabilidade deles e se foram instalados do jeito correto.

Por isso, indicamos novamente para que você conte com uma arquiteta que irá analisar a estrutura do local. Assim, mesmo que exija uma reforma mais profunda, você fica tranquilo em saber que tudo sairá como o planejado.

Considere o tamanho da reforma

Se a reforma necessária a ser feita é muito grande, como vimos nos tópicos anteriores, você vai precisar de um lugar para ficar enquanto isso acontece e, principalmente, ter o lado financeiro preparado. Afinal, imprevistos podem surgir durante o caminho e o ideal é trabalhar com produtos de qualidade, que durem ao menos por 20 anos.

Por isso, em alguns casos, o valor da reforma pode chegar muito próximo (ou até ser igual) ao de uma construção do início. Sendo assim, analise as duas opções, mas tomar a melhor decisão para você!

cozinha sendo reformada

Reformar ou construir: qual o valor de uma reforma?

Não podemos deixar de considerar que o valor de uma reforma pode mudar muito de acordo com os fornecedores, projetos e diferenças entre as cidades. Por isso, não existe uma conta fechada.

Algumas estimativas dizem que ela pode custar de 30 a 50% do valor da casa, ou seja, será baseada nos reparos necessários.

Além disso, alguns cômodos são mais complicados, como o banheiro e a cozinha, as chamadas “áreas molhadas”. Por isso, se optar pela reforma, tenha em mente que imprevistos podem surgir.

Tudo o que você precisa saber antes de construir uma casa do zero  

O projeto fica exatamente como você sonhou

Como indicamos lá no início, seja para uma reforma ou construção, o ideal é contratar um profissional para acompanhar esse processo de perto. Sendo assim, será desenvolvido um projeto para você, de acordo com seus gostos e personalidade.

Dessa forma, você pode ter o seu cantinho, do jeito que sempre sonhou. Seja desde um projeto mais tradicional, que aproveite ao máximo as funcionalidades da casa, ou um projeto mais elaborado, com um solarium ou um quarto montessoriano para as crianças

Localização de sua escolha

Nós sabemos, a localização é algo que sempre entra na lista de requisitos quando estamos falando em comprar um terreno e construir uma casa. Dessa forma, se para você ela está no topo dessa lista, você tem total liberdade para escolher e encontrar o local que se encaixa nas suas expectativas e orçamento.

Estrutura desenvolvida com equipamentos atualizados

Hoje, nós estamos acostumados a utilizar tecnologias que há algumas décadas não existiam, dessa forma, uma casa muito antiga não é preparada para aguentar todas elas, enquanto uma casa construída do zero, sim.

Dessa forma, se você entende esse como um fator importante para o seu dia a dia, se trabalha em home office, precisa de uma casa que vá atender a essas necessidades.

Encontrar um terreno que caiba no orçamento e localização esperada por ser difícil

Apesar da localização de sua escolha ser um pró, ela também pode ser vista como um ponto de atenção quando estamos decidindo entre reformar ou construir.

Já que na grande parte das cidades, quanto mais centralizado for o local, mais caro ele será e nem sempre o valor será com base no tamanho do espaço, o que pode representar um terreno menor do que você tinha em mente, por um valor parecido ou mais caro a de um lote maior, menos centralizado.

Considere o tempo de construção

Diferente da casa para reforma, quando se decide construir um imóvel do zero, é preciso colocar no calendário o tempo para isso.

Apesar da estimativa para a finalização da construção, existem muitos fatores adversos que impactam nesse prazo, como:

  • Encontrar os profissionais adequados para fazer a construção;
  • Fatores climáticos;
  • Situações imprevistas que, quando não acompanhadas de perto por um arquiteto, podem gerar mais custos.

O valor pode ser mais caro do que você prevê

Um ponto que não podemos deixar de tocar novamente é sobre o valor. Afinal, para a construção de uma casa, é preciso considerar o valor do terreno, todos os materiais, honorários do arquiteto e mão de obra especializada.

Sendo assim, uma vez iniciado, não é tão simples interromper o processo. Por isso, antes de qualquer coisa, coloque na ponta da caneta todos os gastos previstos e separe uma porcentagem para gastos imprevistos.

construção de casa na planta

Reformar ou construir: quanto custa construir uma casa do zero?

Se entre reformar ou construir, você optar pela segunda opção, é preciso estar atento aos custos. Novamente, não existe uma fórmula mágica de qual será o valor final.

No entanto, de acordo com o CUB (Custo Unitário da Construção Civil) do Sinduscon, o custo médio é de R$ 1.554,54/m².

Claro que esse valor vai variar muito com base no projeto a ser executado. Para você ter uma ideia mais clara, pode acessar o simulador de custo de obra.

O que mais vale a pena: reformar ou construir?

Provavelmente, você chegou ao fim deste conteúdo com essa pergunta na cabeça. Não existe uma resposta exata para ela, afinal, não é uma receita de bolo.

Nosso conselho é para que você avalie muito bem as suas possibilidades e considere os pontos apresentados por nós sobre reformar ou construir e entenda como eles impactariam no seu planejamento financeiro e de tempo disponível para fazer uma mudança.

Outra dica é para que você não fique com medo de construir ou reformar por conta de algum fator que não se encaixa perfeitamente nos seus planos. Afinal, para tudo se dá um jeito! E no final a sua casa precisa ficar perfeita para o seu gosto. Por isso, leve o tempo necessário para tomar essa decisão, porque ela é muito importante.

Além disso, lembre-se: o barato sai caro! Por isso, não deixe de contratar um arquiteto para te ajudar em todo o processo, seja para reformar ou construir.

Gostou do conteúdo? Compartilhe com outras pessoas que podem estar passando pela mesma dúvida!

Receba os conteúdos primeiro!

Deixe seus dados para receber semanalmente nossas dicas e conteúdos,

8 + 1 =